Dominando A SERPENTE o maior inimigo da honra



Lição 1

Adaptado do Livro “Honra, a espada do Eterno que degola a Serpente”
Autor: Apóstolo Renê Terra Nova.
Texto: Gn.3:1-7
*Para você entender melhor: toda a vez que mencionar a palavra serpente está se referindo a Satanás.
Introdução:
Mudar a mentalidade do povo não é fácil.
A honra só é possível se houver uma mudança de mentalidade. Essa mudança de mente nos tira da mentalidade carnal para uma mentalidade espiritual. Esse mundo desconhece a rota da honra porque sua mentalidade está envelhecida. Isto é, corrompida pelo pecado.
Mude sua mente e você mudará suas atitudes! Quem muda sua mente, muda seu destino/futuro.
VIVEMOS NUM MUNDO CHEIO DE MARCAS DA DESONRA

As marcas da desonra:
A desonra nos marcou e tem nos acompanhado por muitos anos. Ainda precisamos ser muito curados e libertos para viver o princípio da honra.
Domine a serpente se não ela domina você. Aquilo que você não governa, pode governar você.
As marcas da desonra estão claras
1º. Na escravidão do pecado,
2º. Dos sentimentos
3º. E desejos contrários a vontade de Deus.
Vemos essas marcas na rebeldia do homem, pois sabendo o que é certo ainda assim trilha por caminhos opostos ao que Deus fala.
A influência da serpente continua nos dias de hoje. Homens e mulheres anos após a conversão ainda sofrem a influência da serpente.
Quanto anos Deus investiu naquele casal?
Hoje, na igreja, muitos ainda não se deram conta que a serpente continua operando.
Houve uma conversa da serpente com a mulher.
A mulher ousou desonrar a ordem de Deus.
Ela comeu do fruto proibido.
Quando você tem vida de Deus você sabe discernir de quem é a voz que está falando.
Jesus sabia discernir a voz de Deus e a voz da serpente. Quando Pedro falava o Senhor sabia que era Pedro, mas quando outra voz entrou em ação com o propósito de tirá-lo do caminho da Cruz, da vontade de Deus e da sua missão, Ele repreendeu satanás. Pra trás de mim satanás. Satanás seu lugar é atrás, nunca na frente. Na frente vai o anjo da aliança. Satanás sai e Pedro fica. Aleluia! Ex. (Mt.16:13-21)
A voz de Deus te aproxima Dele, a voz da serpente te distancia do Senhor.
A voz humana pode nos distanciar de Deus e nos aproximar da serpente.
Qual é a voz que estamos ouvindo? A voz que nos põe na rota da santidade, fidelidade, fé, ou outra voz.
Aquela que nos ergue, levanta ou nos derruba e afasta da benção e quebra princípios.
Não espere que alguém ferido vai ter direção de Deus na sua vida. A voz de um coração ferido não ouve a voz de Jesus.
"O homem bom, do bom tesouro do seu coração, tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração, tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca." (Lc.6:45)
As vezes estamos desmotivados e tem pessoas que chegam perto de nós com a finalidade de destruir nossa vida espiritual.
Muitos estão estagnados e parados por estarem contaminados com palavras erradas.
Quem ouve vozes estranhas se contamina.
É preciso discernir qual voz estou ouvindo. Deus nos deu autoridade para caminhar como adulto e não como meninos.
Todas as vezes que a serpente quer nos contaminar ela coloca desejos. Cuidado com os desejos da sua alma.
Cuidado com o que você ouve.
I) COMO SABER SE ESTOU SENDO DOMINADO PELA SERPENTE?
1º. QUE VOZ VOCE ANDA OUVINDO?
Como é importante aprender a discernir a voz de Deus e a voz da Serpente, para não enveredar pela desonra e ter perdas que podem ser irreparáveis.
Não podemos esperar que alguém contaminado pela serpente ministre com clareza à Palavra de Deus.
Com certeza, ao abrir a boca, vai destilar veneno, pois a boca fala do que esta cheio o coração. “O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca”. (Lucas 6:45).
Por isso, há tantos líderes e discípulos envenenados. Um doente não pode socorrer outro, assim como um cego não pode guiar outro cego, pois ambos cairão na cova.
2º. O QUE TE FEZ PARAR NA CAMINHADA?
Quantos estão estagnados e outros totalmente adoecidos, paralisados em suas conquistas.
São resultados de palavras contaminadas ministradas em suas vidas, e porque não tinham condição de discernir entre o bem e o mal, corromperam-se.
Não precisamos nos contaminar. Para tanto, devemos saber discernir a que voz ouvir.
Temos de Deus o poder de dizer não a serpente, e nos apegar a Palavra de Deus. Deus concedeu ao homem o poder de dominar, vencer a serpente. Isso representa autoridade divina constituída sobre nós.
3º. Que desejos estão sendo despertados em nós
Quando a serpente usa alguém para nos contaminar, é sempre utilizando algo que nos desperte desejo; precisamos estar atentos!
Muitos estão na rota da serpente, e o pior, pensando que estão motivados para Deus e trabalhando no Reino.
Onde há ensino corrompido pela serpente, há perturbação, e a vida de Deus se distancia.
4º onde está o seu discernimento?  
A serpente é totalmente contrária ao Reino de Deus, e trabalha para impedir que os filhos tenham discernimento de espírito, a fim de que não saibam dizer não a sua voz.
Se o líder ou discípulo der ouvido a voz da serpente e se permitir serem envolvidos em soberba, orgulho, vaidade, mentiras, é porque entrou o desvio das palavras proféticas.
II) como dominar o maior inimigo da honra?

1º. AUDIÇÃO E VISÃO, PONTOS CHAVES QUE DEVEM SER BLINDADOS
A audição e a visão são pontos chaves que devem ser blindados para que a serpente não encontre nenhuma brecha em nossa vida, família, ministério, liderança.
Se mantemos nossa visão focada em Jesus, não nos desviamos para colocá-la naquilo que vai nos tirar do propósito.
Se nossos ouvidos estiverem atentos à Palavra de Deus, somos cheios de fé, e não esmorecemos diante dos ataques da serpente, antes estamos fortalecidos para vencer.
Audição – “Examinai tudo. Retende o bem” (1 Tessalonicenses 5:21).
É pelo ouvido que somos contaminados.
É pelo que vemos que somos contaminados.
Dar ouvidos a serpente e colocar os olhos no fruto que ela oferece, não apenas nos contamina como nos leva a pecar e nos torna fracos na fé.
Nossa audição e nossa visão devem ser blindadas para resistirmos à serpente.
Nossa audição e visão precisam ser seletivas para não nos contaminarmos.
Visão.
A Bíblia diz que os olhos são a candeia do corpo. “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz.”(Mateus 6:22).
O que fez Eva comer o fruto que a serpente mostrou a ela.
O fruto era desejável, e quando ela colocou os olhos sobre o fruto, não resistiu e comeu, dando vazão à sua carne e desobedecendo a ordem que recebera de Deus.
Examinai tudo.. Observar...Vigiai e orai...cuidado com o que você ouve e ver. Quando você ouve a voz da serpente você é contaminado para olhar o alvo errado e ser seduzido.
Preciso blindar meus ouvidos e olhos para evitar contaminação. Não adianta trazer cura para quem precisa de libertação.
Tem gente que gosta de falar mal e outros gostam de ouvir. Gostamos de ouvir o que paralisa a alma.
Quando você acordar salte da cama e profetize vitória.
Cuidado como que você vê!
A serpente precisa dos pontos de contatos para agir.
Quando ouvimos a Palavra de Deus e cremos anulamos toda ação do inimigo contra nossa vida.

2º. aprenda a Servir a Deus sem interferências
Precisamos servir a Deus sem interferências.
Se ligamos uma tv e ela tem interferência, não compreendemos o que estamos vendo e ouvindo.
Não podemos servir a Deus contaminados, antes temos que nos descontaminar na audição e na visão, só assim ficamos aptos para cumprir a missão que Jesus deixou para nós. “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” (Mateus 28:19,20).

3º. Alimente-se da Palavra de Deus
Nosso alimento diário tem que ser a Palavra de Deus.
É a Palavra que nos fortalece e nos ajudar a caminhar vencendo, dia após dia. Pelo conhecimento da Palavra somos livres da desonra.
Um líder, um discípulo que se alimenta da Palavra de Deus, não se contamina.
Alimentar-se da Palavra é mais do que ler, é meditar, é comer, é destrinchar a Palavra, descobrindo o que está escrito para nós, aprendendo que somos separados por Deus para manifestarmos o Seu poder na Terra.
Muitos não conseguem manifestar o poder de Deus, porque estão vazios de Deus.
Como Deus irá se manifestar através de alguém que não O conhece.
Na verdade, é um grande ato de desonra dizer que pertencemos a Deus, mas não nos relacionamos com Ele.
Não podemos falar de algo ou de alguém que não conhecemos.
Ir a igreja é importante, até porque a Bíblia diz que não devemos deixar de congregar como é costume de alguns, Hebreus 10:25, “Não deixando a nossa congregação, como é de costume de alguns; antes admoestando uns aos outros; e tanto mais quanto vedes que se vai aproximando aquele dia”, mas não é todo o alimento que precisamos para conhecer a Deus.
Ir a igreja faz parte da nossa responsabilidade como cristãos, é como se recebêssemos um norte para nossa vida espiritual, mas precisamos nos alimentar mais da Palavra. Isso implica também em ouvir louvores que cantam a Palavra, e assim por diante.
Emocionados não honram a Deus, pois estão emocionados em um momento e podem perder a emoção em outro.
Confusos também não honram a Deus, uma hora creem e em outra hora deixa de crer.
Mas os que se alimentam da Palavra de Deus tem subsídio para viver no Reino, tem estrutura para suportar qualquer situação.
Quando nos alimentamos da Palavra de Deus, firmamos na Rocha, que é Jesus, e não nos abalamos com qualquer vento forte, porque nossa casa não foi construída na areia.
Também quando nos alimentamos da Palavra, adquirimos maturidade, entendemos que no Reino há lugar para todos, e que Deus não tem filhos prediletos, mas usa cada um de nós, respeitando nossas limitações, dons, talentos, etc.
Viver alimentado da Palavra de Deus nos faz enxergar com os olhos da fé e nos apoiar no que é promessa e não no que nossos olhos veem , pois nem sempre o que vemos vai nos alimentar corretamente.
A verdade é que se queremos ser homens e mulheres de Honra, cumpridores dos princípios de Deus, precisamos nos alimentar da Palavra de Deus.

4º. Ser transformado para honrar
Nós estamos sendo transformados para honrar. A desonra abre brechas e contamina a instrução límpida, impedindo o desatar completo.
Ser transformado para honrar é aceitar o tratamento, é não fugir do confronto, é abrir-se para as novidades de Deus e se determinar a não resistir em ter que abrir mão do que já não pode mais fazer parte da nossa caminhada.
A honra não admite caminhos paralelos, nem desculpas esfarrapadas.
Deus está estabelecendo em nós a semente da honra para que possamos prosseguir caminhando e prosperando em todo o nosso caminho.

Conclusão:     Como se manter vencendor sobre a serpente?  somente pela santidade

Vários textos na palavra são contundentes em mostrar que precisamos lutar contra a serpente.
Todo líder santo vence a serpente, pois uma das formas de vencê-la é através de uma vida santa.
Hb 12:14 diz que sem santidade ninguém vera a Deus, se você é santo, tem intimidade com Deus e assim afasta a serpente do seu caminho.
Santidade, uma decisão para honrar a Deus.
Santidade é uma decisão para todos que querem honrar a Deus, desde o mais novo ao mais maduro na fé.
Ser santo é entender o principio de honra, quando Hb 12:14 diz que devemos seguir a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém vera a Deus.
O nosso testemunho de santidade faz diferença diante do mundo. Uma vida santa impacta e transforma os outros, pois exala por onde passa o bom perfume de Cristo.
Uma vida santa agrada a Deus, pois representa obediência, e, ao mesmo tempo, requer constante disciplina.
Santidade, um código de honra
Na chamada pratica do dia a dia, podemos dizer que a santidade é um código de honra, embora seja para nós, que nascemos de novo, uma realidade posicional em Cristo. Santidade é sempre um código que precisa ser mantido em nosso coração e praticado em nossa vida.
Obediência, uma condição da santidade
A obediência é uma condição exigida pela santidade. Não preciso abordar aqui o que você já ouviu tantas vezes, que a obediência não depende de concordância. Se formos esperar que nossa carne ou alma concorde com as realidades bíblicas, podemos correr um sério risco em nossa vida espiritual.
Na verdade quando se refere a nossa vida espiritual, o melhor a se fazer é se mover pela força da obediência.
Para ser santo é necessário seguir o modelo bíblico, instalar em nós os padrões bíblicos.
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

Mansidão

Série: Unidade & Maturidade.


A unidade da Igreja começa com profundas mudanças em um coração disposto.
A Bíblia contém muitas promessas para os mansos. Neste estudo, citaremos algumas delas, como:  Os mansos herdarão a terra (Mateus 5:5).
. Mansidão é condição para ter paz de espírito. Muitas pessoas reclamam não ter paz, mas um dos pré-requisitos ara ter paz é buscar um caráter de mansidão (Salmo 37:11).
. Quem tem mansidão tem o Fruto do Espírito. Alguém que alcança a mansidão é porque tem o Fruto do Espírito em sua vida (Gálatas 5:22).
. Através da mansidão, conseguimos suportar-nos em amor, e guardamos a unidade do Espírito no Corpo (Efésios 4:1,2).

. Uma pessoa mansa recebe a palavra com muito mais qualidade do que alguém enraivecido. Ela vive mergulhada na palavra de Deus (Tiago 1:21).
Talvez um dos textos bíblicos mais conhecidos por falar em mansidão é o Sermão da Montanha (Mateus 5). Jesus atraiu multidões e ali trouxe muitos ensinamentos sobre o povo, dentre eles, ensinou sobre mansidão. Jesus Se comunicava com as pessoas com amor e mansidão. Ele sabia como passar a Boa Notícia do Reino de Deus.

A palavra mansidão transmite o sentido de brandura, ternura. Uma pessoa mansa transmite paz e segurança, porque venceu a agitação do dia a dia, é uma pessoa que venceu a ira.
Se desejamos viver em unidade na Igreja, na família e atrair multidões com uma palavra diferenciada precisamos aprender com Jesus a vencer todo sentimento contrário.
Ser uma pessoa mansa vai além de ter apenas uma qualidade natural. Isso é tão verdade que mansidão está incluída no Fruto do Espírito Santo. Se você almeja ser manso, deve entender que mansidão precisa de um cultivo espiritual, que sempre leva à harmonia e não à discórdia.

Vamos começar refletindo sobre:  O que não é mansidão?

Morosidade 
Mansidão não está ligada a ser moroso, não ter iniciativa, aceitar tudo do jeito que está para não se irar.
Timidez
Não podemos crer que uma pessoa mansa é o mesmo que uma pessoa tímida, porque os tímidos não conquistam, pelo contrário, são os primeiros na fila dos que vão para o inferno.
Frieza
Uma pessoa mansa não é alguém frio e calculista, mas é aquela que mesmo calada, analisa o que está acontecendo de errado ao seu redor e consegue reverter o quadro, porque não age na impulsividade das emoções. Sabe tomar decisões precisas.
Tolice
Quem é manso possui o espírito de sabedoria. Portanto, uma pessoa mansa não é o mesmo que alguém tolo. Não confunda as coisas. A mansidão é resultante da verdadeira humildade. Como já citamos, a mansidão de Gálatas 5:22 é contextualizada dentro do Fruto do Espírito, é considerada uma virtude, uma das grandes qualidades espirituais.
Para alcançar a mansidão, é necessário despojar-se de:
- Impureza e acúmulo de maldade - Tiago 1:21.
Ira - Efésios 4:26
Maledicência - Colossenses 3:8,10
Inveja e espírito faccioso – Tiago 3:16

Jesus, maior exemplo de mansidão
Jesus convidou a todos para virem a Ele, pois Ele é manso e humilde de coração. “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.” (Mateus 11:28,29).
O mais tremendo do convite de Jesus foi que Ele não convidou os fortes, porém os cansados e oprimidos. Por Jesus ser manso e humilde, pode assegurar o descanso para a nossa alma.
Aprenda a descansar em Deus. Para quê tanta agitação e inquietude que não a levam a nada? Busque a mansidão. Entregue-se a Ele completamente se você está cansado e sobrecarregado. É Ele quem vai aliviá-lo. Só Ele tem este poder e esta autoridade.
Veja que promessa maravilhosa que alcança os que decidem pela mansidão. A Bíblia diz que o Senhor ouve os desejos dos mansos e Ele mesmo dá conforto ao coração. “Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles;” (Salmo 10:17)
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

Consolidando uma Visão na Inteligência



Texto: Jeremias 29:11


O que é uma visão inteligente? É aquela que você sabe o que você tem, e sabe também como lidar com ela, sendo pragmático, fazendo-a funcionar, convicto de que é uma visão de resultados.
Toda visão tem uma missão possível. Para nós a visão é ganhar, consolidar, discipular e enviar.
A Visão é uma escola de inteligência. A Visão desata a inteligência que já possuímos. Os inteligentes são estrategistas, catalisadores de resultados, aptos e humildes para realizar o que lhe fora proposto.
A inteligência da visão faz das adversidades oportunidades de se treinar a inteligência e desenvolver novidades, e manifestar níveis de sabedoria (Pv. 9:9)
Visionários Inteligentes sabe mergulhar e descobrir os vários tipos de inteligência para melhor viver e conduzir as pessoas que dependem dele. Ele usa as três inteligências.
  1. Inteligência de Sobrevivência (para viver mas não de qualquer forma)
  2. Inteligência de Impacto (pessoas são impactadas pelas palavras inteligentes)
  3. Inteligência de Mudança (Vão além do impacto pois gera mudança)
Não se iluda com a visão, a visão requer trabalho. Foque com inteligência na Visão que você tem. Para não perder o foco eu preciso:
  1. Descobrir quem sou;
  2. Onde estou;
  3. Para onde vou;
  4. Desenvolver a mente motivacional, a mente criativa.
O que coroa um líder de êxito, não é apenas o que ele sabe, mas o que ele colocou em prática e produziu um resultado eficaz, porque muitos sabem demasiadamente, mas não praticam. Porém, existem os que sabem muito, executam o que sabem e produzem resultados satisfatórios.
Executando a inteligência motivacional.
Executar a inteligência motivacional é:
  • Ver resultados relevantes;
  • Credibilizar seu potencial de criatividade;
  • Dar muito fruto no lugar onde está plantado;
  • Descobrir que você pode avançar;
  • Fazer além do que está fazendo;
  • Levar a sua geração a descobrir mundo novos.
A inteligência motivacional liberada com vida de Deus manifesta poder através de :
  • Ministrações da Palavra – desatam a capacidade de viver o novo do Eterno.
  • Palavras Proféticas – Palavras proféticas ressuscitam o ânimo.
  • Unção Liberada – Unção legitima o desejo do novo.
  • Plantar sementes de destino – Plantar semente de destino é dá nome à semente, lembrando sempre que é você quem escolhe sua colheita!
                                                                        
Baseado no livro: Inteligência da Visão / Ap. Renê Terra Nova
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

Meu pai, meu melhor discipulador!

Nos dias atuais temos observado que a família tem transferido a responsabilidade da educação dos filhos para as instituições. A educação humanista, secular é responsabilidade da escola, a educação religiosa é responsabilidade da igreja, mas os pais não se dão conta de que a responsabilidade maior pela formação do caráter de uma criança é deles. Não que as instituições não tenham participação relevante nesse processo, porém, é na família que a criança terá todas as referências necessárias para a formação e desenvolvimento da sua personalidade.

Provérbios 22:6 diz: "Ensina a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele" . O grande problema é que na maioria das vezes, os pais entendem que a fase da criança aprender só começa aos 3 ou 4 anos, ou acham que a criança só começa a entender alguma coisa nesta idade. Eles não percebem que antes disso ela aprendeu a andar, a falar, a reivindicar a satisfação da sua vontade, a bater o pé quando é confrontada, etc., e quando a Bíblia nos diz "ensina a criança", ela esta dizendo que é desde o útero que esta criança pode e deve ser ensinada.

Nós, os pais, quando transferimos para outros a educação, ou o discipulado, dos nossos filhos, corremos o risco de ver impresso no caráter deles a marca de um educador ou discipulador que pode ser bom ou ruim, dependendo dos valores que tal pessoa tem, sem contar que muitas crianças, por não terem no pai um bom referencial de autoridade (Ef. 6:4) , de amor, de carinho, e de disciplina (Pv .23:13 e 14) passam a ver como referencial os professores e pastores que, sem querer, ou de forma involuntária, acabam tirando a autoridade dos pais. Então, os filhos acabam honrando pessoas estranhas, quando, na verdade, essa honra deve ser dirigida aos pais, para que o filho possa atrair as bênçãos de Deus sobre si (Ef 6:2 ; Ex 20:12).

Nestes dias precisamos estar atentos a tudo aquilo que vem agredir aos nossos filhos, como os meios de comunicação, que declararam guerra contra as crianças, os adolescentes e os jovens, transmitindo "entretenimentos" degenerados e nocivos para dentro dos nossos lares, com anúncios publicitários que exploram os desejos e as fraquezas dos nossos filhos.
As crianças crescem muito rápido. Hoje, mal começam a respirar e já são lançadas num mundo adulto, agressivo e permissivo. A sociedade concentra-se cada vez mais nos desejos dos adultos e as crianças são as perdedoras.

Nós, pais, temos que entender que somos os melhores discipuladores dos nossos filhos e diante de Deus somos os responsáveis para ensinar-lhes os estatutos, os mandamentos e preceitos divinos. Em Deuteronômio 6:2 e 7 o Senhor nos diz "para que temas ao senhor teu Deus e guardes todos os meus estatutos e mandamentos, que eu te ordeno, tu e teu filho, e o filho do teu filho, todos os dias da tua vida e para que se prolonguem os teus dias" e "as ensinarás a teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando nele pelo caminho, e ao deitar-te e ao levantar-te ".

Então, o Senhor responsabiliza a nós, os pais, para ensinarmos aos nossos filhos tudo aquilo que vai compor a personalidade, a alma e o caráter deles, para apresentarmos ao Senhor uma herança plantada na Sua casa, rendendo frutos para o reino, prontos para serem alistados no exército do Grande Rei (Sl 127:3) e não uma herança drogada, prostituída, com um mal testemunho como os filhos de Eli, Hofni e Fineias (1 Sm 2:12-17; 27-34) que se tornaram malditos aos olhos de Deus.

Nós, os pais, somos os responsáveis para ensinar aos nossos filhos a bondade e a misericórdia com que Deus nos trata. Devemos ter a consciência de que somos a janela pela qual eles verão a Deus, o espelho que vai refletir neles a imagem de Jesus. Então eles serão como árvores plantadas junto a ribeiros de águas, que darão fruto na estação própria, e, o que é melhor, tudo o que fizerem prosperará (Sl 1:3).

Você, papai, é o melhor discipulador do seu filho. Assuma isso e a sua descendência será alvo da graça de Deus.
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

Restaurando os níveis de aliança


Texto: "O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos." Os 4.6

Na vida, encontramos pessoas que ainda não aceitaram Jesus como Senhor e Salvador; encontramos pessoas que quase têm o Reino, mas não têm o Reino de verdade; encontramos pessoas que são quase cristãs, mas que não são cristãs de verdade. Podemos avaliar que encontramos pessoas que quase têm, mas não têm.

Você já parou para pensar no que você tem e no que você é? Já imaginou quem você pode ser nos próximos 5 anos de sua vida? Parece que foi ontem que estávamos comemorando e fazendo planos para 2011. Por isso, devemos aprender a fazer decisões que sejam duradouras, decisões que sejam maduras.

Existem situações que precisam de decisões imediatas, porque a vida é feita de oportunidades e de decisão. Alguns têm oportunidades, mas não decidem. Outros querem decidir, mas não têm oportunidades.

Há pessoas que pensam que ser feliz e aproveitar bem a vida é se utilizar de recursos passageiros e duvidosos como o álcool, as drogas, a prostituição e etc. Fazer o que tem vontade naquela hora sem pensar nas conseqüências. Por isso, acabam sempre colhendo dor e frustração. E como não enxergam outra solução, continuam se afundando ainda mais na miséria de uma vida vazia.

Entretanto, a Bíblia nos garante que a alegria do Senhor é a nossa força e não depende de recursos que coloquem em jogo a integridade e física ou moral de ninguém.

Aliança entre Israel e Deus

A Bíblia diz em Oseias, que o povo perece por falta de entendimento (Oseias 4:6). Deus diz ao Seu povo que eles não podem ser fechados, isentos de entendimento. Deus usa a figura do boi para falar com eles, mostrando que o boi é o animal de menor percepção (Isaías 1:3). Ele não tem direção para correr, por isso, nas touradas, eles saem desembestados.

Deus estava lembrando ao Seu povo que um boi não poderia dar-lhes direção, como aconteceu no deserto, quando Moisés subiu para receber instruções de Deus por 40 dias e, ao descer, encontrou um bezerro de ouro, o deus Ápis. Eles criaram um deus para lhes dar a direção de volta ao Egito.

O Senhor lhes mostrou que o boi não tem entendimento e que Ele, o próprio Deus, estava chamando a atenção do Seu povo para que voltassem para Ele. Se o povo não abre o entendimento, não há como fazer o caminho do retorno, entre o povo e Deus e entre Deus e o povo. Deus chama Israel de volta para fazer aliança com Ele.

Aliança entre marido e mulher

A aliança entre marido e mulher fala da fidelidade que está na família. Quem tem Deus como Senhor da sua vida, a primeira coisa que recebe é a restauração familiar. A partir do verso 15, do capítulo 2 de Malaquias, Deus diz que o Seu povo cobriu de violência o pacto que foi firmado no altar com a mulher da sua mocidade.

O Senhor continua dizendo que eles mancharam o vestido da mulher da aliança. E que, por causa disso, não recebia as ofertas que entregavam nem ouvia as suas orações. Deus disse ao povo que, por causa da quebra desse princípio, a prosperidade foi retida. Todas as pessoas que casam e permanecem fiéis na aliança do casamento prosperam.

Deus é Senhor de aliança, Ele conserta e restaura alianças. Seja qual for o estado em que você estiver, ao encontrar Jesus, há solução para o seu caso, porque Aquele que está em Cristo é uma nova pessoa, as coisas velhas passaram e tudo se faz novo.

Aliança se estabelece debaixo de princípios.

A aliança entre homem e mulher faz nascer uma família que deverá desenvolver uma aliança debaixo de princípios. Todo mundo quer um casamento saudável. Até os que dizem que não querem, querem! Para muitos, a vida está sem graça. A vida perdeu a tônica de alegria, perdeu o riso. Todo marido ou esposa que faz um caminho alongado antes de chegar a sua casa, certamente tem um problema que não quer ser enfrentado.

A Graça de Deus precisa entrar na família, no casamento, para que a sua casa seja um tabernáculo do Deus vivo. O livro de Levítico diz que uma casa onde não há sacerdócio é uma casa onde não há presença de Deus, e que até as paredes têm maldição. O telhado goteja, não há jeito de tirar a infiltração na parede, a casa é mofada, os filhos têm alergia, o pai e a mãe são alérgicos, a família é alérgica nos relacionamentos. É alergia de todo o tipo porque o ambiente é alérgico. Nem a casa possui alegria.

Mas Deus quer restaurar a sua família e os níveis de aliança. Pode ser sua com Ele ou pode ser a aliança do seu casamento, o Senhor quer que você tenha a alegria do Reino de Deus e compreenda os níveis de aliança.

Se uma casa não tem alegria, os céus dessa casa, o telhado dessa casa, o ambiente dessa casa não tem graça, não tem unção, falta alguma coisa no sobrenatural. Mas a casa onde os umbrais e a porta de entrada estão selados, recebe a proteção de Deus. Deus quer fazer da sua casa um lugar em que você tenha prazer de estar, assim como todas as pessoas que chegarem também tenham vontade de ficar. Sua casa se transformará na sede do avivamento do Deus Todo Poderoso, porque a glória de Deus a invadirá!


Apóstolo:Alexandre Macedo de Oliveira

@APALEXANDRE12

@OFICIALCIAM12
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

Ideias Errôneas sobre Santificação

Estudo nº 404


Texto: “O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Ts 5.23).

Introdução: Tentar conseguir favores e graças divinos pelo esforço próprio é uma tendência humana antiga, apesar do ensino bíblico de que isto é impossível. O que as pessoas têm tentado?

1. Erradicação.
a. Sabemos, à luz da Palavra de Deus (Rm 6.6-11; Gl 2.19, 20; Jo 12.32; 2 Co 5.14 e outros textos similares), que o nosso velho homem morreu com Cristo.
b. Todavia, a nossa experiência como cristãos, ainda que haja aqueles que não pensam assim, nos ensina, bem como a Palavra de Deus, que o pecado nos assedia (Mt 26.41; 1 Jo 5.18; Rm 7.15-24). Estas e outras passagens mostram a luta, o conflito que se trava na vida do crente. Veja também 1 Jo 1.8. “Se a erradicação da natureza pecaminosa se consumasse, não haveria a morte física, pois esta é o resultado dessa natureza” (Lewis Sperry chafer; Rm 5.12-21). Os que houvessem experimentado essa extirpação necessariamente gerariam filhos sem a natureza pecaminosa.
c. Mesmo que fosse realidade essa extirpação, ainda haveria o conflito com o mundo, a carne e o diabo, pois a extirpação desses males é obviamente anti-bíblico e não está incluída na própria teoria;
d. Não é nosso propósito polemizar, muito menos incentivar alguém ao pecado. Cremos na eficácia da morte de Jesus na cruz para nossa justificação e santificação, o que nos leva a ficarmos com uma vida santa, no entanto cremos que ainda estamos sendo santificados, o processo ainda não terminou.

2. Legalismo.
a. Consiste na observância de regras e regulamentos. Isto nos lembra os Gálatas, de quem Paulo diz que estavam rindo da graça (Gl 5.4). Paulo os chamou de insensatos (3.1); ele chegou a afirmar que estavam passando da graça de Cristo para outro evangelho (1.6).
b. Em Rm 6, Paulo esclarece que a lei não santifica. “Se o ser humano quiser ser salvo do pecado, terá de ser por um poder à parte de si mesmo. A pessoa que percebe não estar à altura do ideal divino, não pode elevar-se em um esforço por alcançá-lo. Sobre ela deve operar uma força à parte dela mesma; essa força é o poder do Espírito Santo”.
c. Infelizmente há muitos que ensinam que a santificação é o resultado no nosso legalismo. Hoje há muitos que pregam regras humanas, hábitos e costumes como meios para santificação. Assim eram os fariseus nos dias de Jesus; que Deus nos livre desse espírito de religiosidade e legalismo.

3. Ascetismo.
a. “É a tentativa de subjugar a carne e alcançar a santificação por meio de privações e sofrimentos, é o método que seguem alguns católicos e hindus”.
b. Isto parece estar baseado na antiga crença pagã de que toda a matéria, incluindo o corpo, é má. O corpo, por conseguinte, é uma trava ao espírito, e, quanto mais for castigado e subjugado, mais depressa se libertará o espírito.
c. Isto é contrario ao ensino das Escrituras, que afirmam que Deus criou tudo muito bom. O que deve ser subjugado são os impulsos pecaminosos da alma, e não o corpo.
d. Ascetismos é uma tentativa de matar o “eu”, mas o “eu” não pode vencer o “eu”. Essa é a obra do Espírito Santo.
e. Há dois termos aqui para serem lembrados: mutilar e mortificar. Não queremos mutilar o corpo, mas mortificá-lo. O que fazer então com o corpo? (Rm 6.19; 12.1; 1 Co 3.16). Nosso corpo pode e deve ser para a glória de Deus. Tudo para ele (Sl 103.1)

Conclusão: A santificação acontece somente pela graça de Deus operando eficazmente em nós, pelo poder do Espírito Santo, e por nos colocarmos nas mãos de Cristo a cada dia.

Messias Anacleto Rosa
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

Família de Excelência


Família de Excelência Conhecendo o Sacerdócio.

Temos uma missão: fazer de nossa Família um modelo, um termômetro para que todos vejam o equilíbrio e a saúde desse relacionamento. Para isso precisamos fechar todas as brechas de modo que Satanás não encontre oportunidade de ferir, macular ou traumatizar o processo de avanço na Família.

Vivemos um tempo onde a Educação está mal-educada e a Saúde enferma, só que nossa família viverá de acordo com os padrões de Deus.

A excelência da sua família começa em você. Você é o motivo da excelência em sua família.

Como sacerdote ou sacerdotisa teremos o padrão de excelência que mudará toda nossa família, e ela começará a viver um novo momento a partir de nós.

Deus está reescrevendo a história da sua família e toda a sua casa conhecerá o Senhor Deus, o Todo-poderoso, porque você é um sacerdote.

O Sacerdote é uma autoridade espiritual com legalidade pára cuidar de um grupo específico. Cada marido é um sacerdote, cada esposa é uma sacerdotisa que tem autoridade espiritual para cuidar de um grupo chamado família.

No livro de Timóteo Paulo o ensina a cuidar em primeiro lugar da sua casa, exortando-o a uma responsabilidade familiar, pois o sacerdócio de autoridade só pode ser reconhecido se a esposa estiver recebendo a cobertura.

Existem maridos que fazem tudo para todos, menos para a família. Um exemplo trocam a lâmpada do escritório, ou de qualquer outro lugar, mas não trocam a lâmpada de casa que está queimada a meses. E ainda brigam com a mulher reclamando porque que ela ainda não providenciou a troca.

Então somos bonzinhos para com os outros, amáveis com todo mundo. Só que o treino do nosso amor, não é pára o externo, é para o interno. Essa amabilidade toda que nós temos ela é verdadeira, só que Satanás roubou e ofuscou para que não declaremos isso em casa, e assim não apliquemos no lar.

Aí somos amáveis na faculdade, no trabalho, em lugares que são da nossa sociedade, do nosso ambiente de freqüência, mas quando se trata de casa há uma rispidez.

As pessoas são resultado de um ambiente e nós sacerdotes somos responsáveis pelo ambiente que vivemos, porque temos hábitos adquiridos e que não nascemos com ele.

Existem pessoas que se acostumaram a viver presas em aquário. Porque viver no aquário é fácil, tem o alimento básico, o mesmo paisagismo, não tem nenhum perigo, porém quem nasceu para oceano, não vive em aquário e a nossa família vai sair do aquário e entrar no oceano e terá grandes vitórias e crescerá em todas as áreas que o Senhor quer que ela cresça, porque Deus mudará a história da nossa família, mudando o hábito do sacerdote e da sacerdotisa.

Uma aliança feita com o Senhor tem o respaldo e legalidade sacerdotal e tanto o sacerdote como a sacerdotisa tem autoridade dentro da casa de fazer declarações para atraírem a glória de Deus.

No hebraico telhado significa céus, portanto cada cobertura sobre nossa cabeça é um céu que repousa sobre nós. Então algo precisa ser bem esclarecido sobre os céus de nossa casa: o que proclamamos sob ele, pois o nível de vida que vamos viver depende do que é liberado nos céus de nossa casa, porque existe uma legalidade sacerdotal.

Muitos casamentos não tem dado certo e estão em crise mediante o que os cônjuges estão profetizando. Deus não quer que tenhamos fé apenas na teoria e na prática a neguemos.

Nossas atitudes vão abrindo caminhos e estradas, pois se Deus abriu caminho no mar que dirá na terra.

Precisamos ter cuidado com o que falamos dentro de casa e até mesmo com o que oramos, precisamos ser como Davi, que antes de apresentar os problemas a Deus, abria antes as portas para a adoração. Não podemos esquecer que Deus é o Senhor Todo-poderoso e que independente do que pensamos Ele faz tudo como Lhe agrada, tem tudo nas Suas mãos e no Seu controle e irá cuidar de nós.

Como sacerdotes precisamos ter cuidado com o que falamos e onde falamos para não contaminarmos os céus de nossa casa, igreja ou célula.

Se quisermos escrevemos nos céus de Deus uma nova história em nossa família, pois a função do sacerdote é descobrir a santidade que está em Deus, que mesmo em meio às guerras, nos ensina que a santidade está selada em nós independentemente do problema ou conflito que estejamos atravessando.

Nossa posição deve ser apagar tudo que já escrevemos e ao chegarmos em casa declararmos novas escrituras sob os céus do nosso lar, porque um Serafim tocará nossos lábios como tocou o de Isaías para que ele proclamasse dia e noite santidade. Porque só escreveremos coisas novas quando a unção de santidade tocar em nossa boca, caso contrário poderemos perverter toda estrutura, plano, projeto que o Senhor já montou para mudar a história da nossa casa. O sacerdote precisa levar na boca palavras liberadas pelo altar de Deus: palavras de justiça e de verdade, aí haverá uma nova proclamação.

O Senhor nos dará boca de louvor e O seguiremos em toda a Sua plenitude.

O sacerdote é aquele que tem autoridade legal para ministrar sobre o povo. O marido e a esposa são autoridades um sobre o outro e Deus quer por intermédio do casal limpar os céus da sua casa, basta apenas estar disponíveis para o milagre, porque se os céus da sua casa estiverem limpos, Deus já conquistou um universo e essa bênção vai repousar sobre sua Família.

MIR
Read more »
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati